sábado, 6 de dezembro de 2008

Caldas 0 - RC Santarém 7

Santarém foi esta tarde até às Caldas vencer a equipa local por 7-0. Num jogo muito equilibrado - como o resultado indica - e nem sempre bem jogado, conseguimos uma vitória merecida, que nos mantem na rota da fase final.

Foi um jogo difícil - com uma arbitragem confusa que prejudicou ambas as equipas - em que mais uma vez ficou patente a nossa dificuldade em transformar em pontos o domínio territorial e a maior posse de bola. Tal como no passado fim de semana ficou a sensação que não era preciso tanto sofrimento para conseguir os 4 pontos. O ensaio foi conseguido a meio da segunda parte num ensaio de penalidade, em consequência duma derrocada intencional da formação ordenada do Caldas, quando estava sob grande pressão.

Até ao final, aguentámos bem a reacção dos locais que tentaram sem sucesso chegar pelo menos ao empate. Não percebi bem a intenção do karateca do Caldas que faz "rotativos". Podia tentar gozar contigo mas não conseguia fazer melhor do que tu próprio. Obrigado pela gargalhada.

Por Santarém alinharam:

Amandio 5, Quim, Paulo (Pedro Monteiro); Bão, Francisco (Gustavo, Filipe); Dentinho, Ramalho, Jorge (C); Pimenta (C. Am., o costume), Serrão 2; Marinheiro, PTT, Diogo, Pedro; Vasco "Deus" Honório (António Bello).

Na próxima semana aproveitamos a pausa para um jantarinho de Natal antecedido de peladinha. Apareçam Velhas Glórias.

Abraço
Gel

2 comentários:

Pimentas disse...

eu sou uma vitima...sou alvo de perseguição por parte dos arbitros...

de destacar o karateca...ia fudendo dois...passaros q iam a voar baixinho...

proponho aqui que inice uma votação para MVP-homem do jogo...

o meu voto vai para o bão, fez uma belo jogo...parabens

Marrocos disse...

MVP é sempre dificil de definir devido a sermos uma equipa de estrelas... Se eu não tivesse sido emocionalmente atingido pelos rotativos do jack chan provalvelmente seria o MVP...

Assim terei que nomear do Tó Dentes, que fez um jogo certinho com alguns toques a di maria, mas que depois faz um sprint final no latinissima com a sua dança de acasalamento digno de encostar qualquer brakedancer ao canto. PARABENS

Abraço